Desemprego é o menor em 11 anos na Grande SP, segundo pesquisa Dieese

30 novembro 11:50 2007

A taxa de desemprego na Grande São Paulo recuou de 15,1% em setembro para 14,4% em outubro, segundo pesquisa Seade-Dieese divulgada ontem. É o melhor resultado para um mês de outubro desde 1996.


De acordo com o levantamento, 1,4 milhão de pessoas estavam desempregadas na região em outubro, 58 mil a menos que em setembro. Isto é, o nível de ocupação cresceu 1,7%, graças aos novos postos de trabalho que foram abertos.


Os setores que mais contrataram foram construção civil e serviços domésticos, com 7,4% de crescimento; serviços, com 1,6%; e indústria, com 0,7%.


O salário médio também subiu na região e passou a valer R$ 1.207,00, um aumento de 2,7%.


Brasil
A taxa de desemprego nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Distrito Federal, Porto Alegre, Salvador, Recife e São Paulo caiu de 15,5% em setembro para 15% em outubro, também segundo o Seade-Dieese.


O número de desempregados nas seis regiões foi 62 mil a menos que em setembro. O rendimento médio também avançou e subiu 1,4%, passando para R$ 1.140,00.

  Categorias: