Audiências com a CESP e o Citibank. Mesa no MTE

29 janeiro 17:27 2008

Na tentativa de buscar a garantia de direitos dos trabalhadores e a abertura imediata de negociação da Campanha Salarial 2008, diante da possibilidade de privatização da CESP, o Sinergia CUT participou nesta terça-feira (29) de uma reunião na Superintendência Regional do Trabalho com a direção da empresa.


A mesa foi coordenada pelo chefe do setor de mediação Dr. Salatiel Mendes Gomes, na função de Mediador Oficial. Durante a reunião, a CESP confirmou o recebimento da pauta de reivindicações dos trabalhadores e informou que encaminhou o documento aos ‘órgãos competentes do governo de SP’ que ainda não deram retorno.


Os representantes da CESP reafirmaram que a direção da empresa não tem autonomia para abrir negociação e que depende da autorização do governo de SP, controlador da geradora. Por essa razão, uma nova mesa redonda foi agendada para o próximo dia 01 e deve contar com a presença de representante da Fazenda do Estado de São Paulo.


No período da tarde, o Sinergia CUT se reuniu com os representantes do Citibank, oportunidade em que protocolou um documento contendo reivindicações que visam garantir direitos históricos dos trabalhadores (Hidrovia, Fundação CESP, 4819, entre outros) e reivindicou que sejam incluídos no edital de venda da CESP. O oficio também deve ser encaminhado ao governo do Estado.


Também nesta terça (29), o Sindicato havia solicitado uma mesa redonda no Ministério do Trabalho e Emprego, Subdelegacia do Trabalho de Bauru, às 14h30, mas nenhum representante da CESP compareceu. O Sinergia CUT registrou em ata que pretende esgotar todas negociações de âmbito administrativo antes de realizar qualquer paralisação.


Na tentativa de dar continuidade às negociações para garantir os direitos dos trabalhadores, o Sinergia CUT agendou para esta quarta-feira (30) uma audiência com o governador José Serra.


O Sindicato ainda aguarda a confirmação de reunião com a secretária de Saneamento e Energia de SP e com o presidente do PED (Programa de Estadual de Desestatização) para esta semana, a fim de ampliar a possibilidade de abertura de negociação.

  Categorias: