Lula se reúne com Lobão para discutir nomeações para o setor elétrico

13 fevereiro 13:23 2008

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reúne nesta quarta-feira à tarde com o ministro Edison Lobão (Minas e Energia) para discutir nomeações para cargos em empresas estatais do setor elétrico. O encontro estava previsto inicialmente para às 9h30, mas foi adiado para as 16h30.


No encontro, os dois devem analisar a lista de nomes apresentadas pelo PMDB para ocupar os principais postos das empresas do setor elétrico. A expectativa era a de que as nomeações já estivessem sido definidas na segunda-feira. Mas a inclusão de um novo nome do PT – que disputa cargos com o PMDB – na lista de nomeações atrasou a definição.


A Folha Online apurou que a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) voltou a sugerir o nome de Flávio Decat, ex-presidente da Eletronuclear, para o cargo de presidente da Eletrobrás. O cargo é um dos principais pleitos do PMDB, que tenta emplacar nele José Antônio Muniz – indicado pelo senador José Sarney (PMDB-AP).


Peemedebistas que acompanham as articulações afirmam que a lista a ser apresentada a Lula, em nome da legenda, já está concluída. Pela lista, as indicações para a Eletrobrás devem ser: Muniz para presidente; Miguel Colasuono para a diretoria administrativa; Benjamin Maranhão para diretoria de projetos especiais; Walter Cardeal para a diretoria de engenharia; e Astrogildo Quental para a diretoria financeira.


Também deve ser reiterado o pedido para nomear Jorge Luiz Zelada para a diretoria internacional da Petrobras, além de Lívio de Assis para a presidência da Eletronorte.


Segundo peemedebistas, Muniz e Astrogildo são indicados por Sarney. Já o ex-governador de São Paulo, Orestes Quércia, defende o nome de Colasuono, enquanto o deputado Jader Barbalho (PMDB-PA) quer ver Assis na Eletronorte. Apenas Cardeal e Decat pertenceriam à cota de Dilma. (Renata Giraldi)

  Categorias: