Aneel quer negociar com Petrobras antecipação de metas de geração em termelétricas a gás

29 fevereiro 13:40 2008

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) quer incluir um aditivo ao termo de compromisso firmado com a Petrobras para a geração de energia a partir de termelétricas a gás natural. De acordo com o diretor-geral da Aneel, Jerson Kelman, o objetivo é tentar antecipar as metas de geração, com base nas estimativas de produção de gás divulgadas pela estatal.


‘Não queremos colocar nada goela abaixo da Petrobras. Só vamos considerar as antecipações de produção se a empresa garantir que a energia é nova. O setor elétrico tem todo o interesse de que a boa performance da Petrobras seja percebida’, frisou Kelman, ao participar nesta sexta-feira (29) do Fórum Apine de eneriga, no Rio de Janeiro.


De acordo com o diretor-geral da agência, a Aneel enviou na semana passada ofício à Petrobras perguntando sobre as possibilidades de antecipação das metas de produção de energia termelétrica.


Pelo termo de compromisso firmado entre Petrobras e Aneel no ano passado, a estatal se compromete a disponibilizar gás para geração de 3.907,8 MW no primeiro semestre deste ano e 4.675,9 MW nos últimos seis meses de 2008. O avanço deve ser progressivo, até os 6.737,7 MW em 2010. (Rafael Rosas)

  Categorias: