Elektro: fechando valor e metas da PLR 2008

12 junho 19:08 2008

Em reunião realizada nesta quarta-feira (11), Elektro, Sinergia CUT – representado pelo STIEEC e pelo SindLitoral – e demais entidades concordaram em fechar primeiro as negociações da PLR 2008 para depois abrir as rodadas da Campanha Salarial 2008. Segundo a empresa, o compromisso viabiliza o pagamento da antecipação da PLR no próximo mês de julho, com a garantia do Termo Aditivo já assinado.


Ficou acertado então que as negociações seguirão um calendário para agilizar e esgotar a negociação da PLR. Também foi consenso que, este ano, o Sindicato dos Engenheiros fará negociação em separado, já que as demais entidades defendem a PLR igual para todos.


O calendário para negociação da PLR 2008 ficou assim definido: às terças pela manhã com o Sinergia CUT e demais entidades de eletricitários e às quintas com o Sindicato dos Engenheiros, sempre no Centro de Treinamento. Mas a 8ª rodada desta quarta ficou mantida para os eletricitários.


O negociador da Elektro propôs também que o valor da PLR tenha como base um percentual do Resultado do Serviço (RS), mas inicialmente não tinha a intenção de apresentar proposta concreta nesta rodada, e pediu aos sindicatos que decidissem entre manter a fórmula igual à anterior ou apresentar mudanças na estrutura. O Sinergia CUT respondeu que, desde o início das negociações, reivindica mudanças na estrutura da PLR, inclusive com a concordância de que a verba a ser distribuída deveria ser um percentual do RS.


Finalmente veio a proposta concreta: o RH da Elektro propôs verba de 1,1% do RS, com base no volume de dinheiro destinado à PLR 2007 – R$ 7.579.295 – pelo valor do RS alcançado no ano passado – R$ 684 milhões. O pagamento ficaria condicionado ao atingimento de quatro indicadores com pesos diferenciados, sendo um deles o Observação de Segurança.


Depois de debate com as demais entidades, o Sinergia CUT fez a contraproposta: montante de 2,4% do RS com quatro indicadores – DEC, eficácia de TML (Tempo Médio de Ligação), Disponibilidade do Call Center e Observação de Segurança – todos com pesos iguais, com definição de pagamento pró-rata (regra de três) para cada um. Mais: que os números para atingimento das metas sejam os mesmos alcançados em 2007 e de segurança com uma revisão nos procedimentos, sendo geridos pelas CIPAs.


O negociador da Elektro ficou de avaliar as reivindicações do Sinergia CUT junto à direção da empresa, devendo retomar a negociação na terça-feira (17) da semana que vem.


Campanha Salarial
Fechada a negociação da PLR 2008, a intenção da Elektro é chegar a uma proposta negociada na Campanha Salarial até 11 de julho, o que viabilizaria o pagamento dos reajustes econômicos e da antecipação da PLR já no próximo mês. O RH informou ainda que está estudando todas as pautas de trabalhadores, com um total de 173 reivindicações de quatro sindicatos reunidas em 63 temas.

  Categorias: