Inflação cai em seis de sete capitais, diz FGV

24 junho 09:50 2008

Inflação paulistana teve maior recuo entre capitais


A inflação calculada pelo Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) recuou em seis das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) na passagem da segunda para a terceira semana de junho. O maior recuo foi verificado na capital paulista, onde o indicador passou de 1,23% para 0,97% – uma queda de 0,26 ponto percentual.


Com a alta menor dos preços dos alimentos, a taxa de inflação recuou em outras cinco capitais. No Rio de Janeiro, a queda foi de 0,21 ponto percentual, passando de 1,09% para 0,88%.


Em Porto Alegre, o IPC-S passou de 0,71% para 0,56%. Os demais recuos foram verificados no Recife (de 1,10% para 1,03%), Brasília (de 1,11% para 0,98%) e Belo Horizonte (de 0,49% para 0,41%). Com a queda, a capital mineira registrou a menor alta de preços entre as capitais pesquisadas na terceira semana de junho.


No sentido contrário, apenas a capital baiana registrou alta na inflação. O IPC-S passou de 1,04% para 1,14% em Salvador – a maior taxa entre as capitais.


São Paulo
A principal contribuição para o recuo registrado pelo IPC-S em São Paulo partiu do grupo alimentação, que respondeu por aproximadamente 81% deste comportamento. Sua taxa passou de 3,29% para 2,63%.


Os principais destaques foram as variações de hortaliças e legumes (de 9,00% para 3,52%), farinha de trigo (de 7,98% para 5,66%), pão francês (de 5,60% para 3,08%) e óleo de soja (-0,31% para -1,70%).


Contribuíram também, com menor intensidade, os grupos habitação (de 0,29% para 0,19%), transportes (de 0,02% para -0,05%) e despesas diversas (de 0,37% para 0,22%).

  Categorias: