Elektro propõe reajuste de 4,95% nos salários e benefícios. E só

04 julho 11:36 2008

Primeira rodada ocorreu na manhã desta sexta (04). Proposta rejeitada


O Sinergia CUT participou na manhã desta sexta-feira (04) da primeira rodada de negociação da Campanha Salarial 2008 com os representantes da Elektro, em Campinas. A empresa não apresentou nenhuma contraproposta à pauta de reivindicações da categoria e se limitou a propor apenas o índice de reajuste que pretendia aplicar nos salários e benefícios: 4,95%, que é o índice da inflação do período de acordo com o ICV-Dieese. Ou seja: nada de aumento real para os trabalhadores e proposta de reajuste bem aquém da média do setor.


O Sinergia CUT rejeitou a proposta na mesa e reafirmou que quer negociar não apenas aumento real, reajuste de salários e benefícios, dentre outras cláusulas econômicas, mas também todas as demais reivindicações dos trabalhadores que fazem parte da pauta e que incluem saúde, segurança e meio ambiente do trabalho, terceirização, entre outros pontos.


Nova rodada está marcada para a próxima terça (08). A gente vale mais!



 

  Categorias: