Assinado o acordo da Peri da AES Tietê

19 setembro 12:09 2008

Sinergia CUT quer agilizar a homologação para a grana cair na conta dos trabalhadores


Foi assinado na última segunda (15) e protocolado na 9ª Vara do Trabalho de Campinas o acordo referente ao pagamento do adicional de periculosidade sobre o adicional de turno, negociado entre o Sinergia CUT e a AES Tietê e aprovado pelos trabalhadores em assembléias.


A Área Jurídica do Sinergia CUT marcará reunião com o juiz do processo com o objetivo de agilizar a homologação, já que o pagamento será creditado na conta dos trabalhadores cinco dias úteis após homologação. O impacto da periculosidade sobre o adicional de turno será retroativo a 1º de agosto.


Vale lembrar que o Sindicato entrou com reclamação trabalhista na Justiça em 2006, em nome dos sindicalizados, com vitória em primeira e segunda instâncias.


No final de julho passado, a direção da AES Tietê apresentou proposta final para acordo no valor de R$ 360.000 líquidos, o que representa 72% do valor líquido apurado. Pela proposta, a aplicação dos 30% da periculosidade sobre os 7,5% do adicional de turno corresponderia a 2,25% a mais no salário todo mês.


Por reivindicação do Sinergia CUT, os trabalhadores de Bauru e de Mococa também foram incluídos na ação judicial.

  Categorias: