13 outubro 20:42 2008

No dia 9 de outubro, aconteceu o julgamento no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) do dissídio de greve dos companheiros da EMAE.
A impressão que fica é que não houve imparcialidade e isenção no
julgamento e claramente tivemos uma decisão política a favor do
governo, indeferindo o pedido dos trabalhadores de ganho real e garantia
de emprego de três anos.


O ocorrido é profundamente lamentável, mas o Sindicato vai continuar com a luta para que um dia os trabalhadores tenham um tratamento justo e digno em todas as decisões da Justiça.


A diretoria do Sindicato tem a certeza ter cumprido o seu dever, sendo que a categoria se demonstrou organizada e determinada a sempre lutar por seus direitos.


Nos próximos dias, a diretoria do Sindicato estará reunida com a empresa, para discutir os encaminhamentos a serem dados sobre o fechamento do Acordo Coletivo.


Desta forma, a mesma organização e determinação que norteou a Campanha Salarial deve ser mantida. Na próxima semana e após a decisão do Tribunal, serão realizadas Assembléias com os trabalhadores: dia 14/10 (terça-feira), 8h na Usina Piratininga e Usina Traição, e dia 15/10 (quarta-feira), 8h Usina Henry Borden.

  Categorias: