Reidi: MME enquadra projetos de geração e transmissão

06 novembro 11:50 2008

Empreendimentos estão localizados nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina


O Ministério de Minas e Energia enquadrou novos projetos de geração e transmissão no Regime Especial de Incentivo para o Desenvolvimento da Infra-estrutura em Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A Interligação Elétrica Sul teve incluídos no regime os projetos das linhas de transmissão Curitiba-Joinville Norte, Jorge Lacerda B – Siderópolis e da subestação Forquilinha, em Santa Catarina, além da LT Nova Santa Rita – Scharlau e da SE Scharalu, no Rio Grande do Sul.


O MME enquadrou ainda outras quatro PCHs. Em Minas Gerais, foram integradas ao Reidi as PCHs Várzea Alegra (7 MW), Aiuruoca (16 MW) e Ninho da Águia (13 MW). A PCH Paraitinga (7 MW), localizada em São Paulo, também foi enquadrada. As usinas pertencem às sociedades de propósito específico Várzea Alegre Energia, Aiuruoca Energia, Ninho da Águia Energia e Paraitinga Energia. Os enquadramentos foram publicados no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 5 de novembro.

  Categorias: