Camargo e CPFL

27 janeiro 14:08 2009

A Camargo Corrêa vai pagar R$ 2,1 bilhões por 14,5% do grupo Votorantim no capital da CPFL Energia, segundo apurou o Valor. Até o momento, a Camargo Corrêa ainda não levantou no mercado todo o dinheiro necessário para fechar o negócio. O valor a ser pago pelo grupo paulista a Votorantim foi o mesmo que a Neoenergia ofereceu pelo ativo. A dona das distribuidoras de Pernambuco, Bahia e Rio Grande do Norte, controlada pela espanhola Iberdrola, Previ e BB sonhava em comprar essa participação para entrar na CPFL. Mas, perdeu a oportunidade porque a Camargo tem direito de preferência. 

  Categorias: