Caravana da CS 2009 com o pé na estrada

13 fevereiro 18:18 2009

Sinergia CUT percorre toda a base e discute com os trabalhadores a antecipação da Campanha Salarial e a crise mundial


Logo na primeira semana de fevereiro, dirigentes do Sinergia CUT começaram pela região de Ilha Solteira a série de visitas por toda a base para debates e lançamento da Campanha Salarial 2009.


A Caravana, que já passou também pelas regiões de Rio Claro e Campinas,  estará, nos próximos dias 26 e 27 na região de Presidente Prudente.


As demais localidades das macros São Paulo, Baixada, Vale do Paraíba, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Bauru receberão os dirigentes em datas ainda a serem agendadas. Fique atento.


Assembleias


As assembleias acontecem durante os dois dias com visitas a vários locais de trabalho. Em pauta, as propostas para a antecipação do debate das reivindicações e da mobilização nos locais de trabalho referentes à Campanha Salarial 2009.  As bandeiras de luta deste ano são: Trabalho Decente, Salário e Renda, Somos Todos Energéticos, e Energia e Desenvolvimento Sustentável.
 
Além dos assuntos referentes à CS da categoria, em todas as visitas pela base, o Sinergia CUT debate com os trabalhadores as propostas da CUT para a luta pelo emprego e salário dentro da campanha nacional ‘Querem Lucrar com a Crise. A Classe Trabalhadora não vai Pagar Esta Conta’ (leia mais sobre a Campanha da CUT na última página).


Mobilização, negociação e unidade


Para a direção do Sinergia CUT, a antecipação da Campanha Salarial se faz necessária devido ao cenário de crise financeira mundial provocada pelos Estados Unidos.


Isso porque, apesar de passarem longe da crise e das suas consequências, as empresas energéticas devem vir para a mesa de negociação com a tradicional choradeira tentando usar esse cenário para reduzir conquistas e propor ajustes que não condizem com a realidade do setor.
Participe das assembleias e reuniões. Porque com a gente não tem crise.  

  Categorias: