Em defesa da FRG

17 fevereiro 10:57 2009

Trabalhadores de Furnas protestam contra os ataques cometidos pela direção da empresa à Fundação Real Grandeza e contra a arbitrária demissão de um trabalhador de Brasília


Dezenas de trabalhadores de Furnas participaram na manhã de segunda-feira (16) de uma mobilização nos portões de entrada da empresa nos locais de trabalho da base do Sinergia CUT em Campinas e Estreito.


Provando a força da união, a categoria protestou contra a atitude do presidente da empresa, Carlos Nadalutti, que, a serviço do grupo político liderado pelo deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), insiste em continuar atacando a Fundação Real Grandeza.


Os trabalhadores aproveitaram a assembléia para discutir também a demissão injusta e arbitrária que está sendo conduzida pela empresa em Brasília, mostrando-se nbso online casino solidários ao companheiro Jefferson. Outro ponto debatido entre os trabalhadores foi o processo de enquadramento para correção das distorções salariais que Furnas implementará ainda nesse mês de fevereiro.


Mobilização gradativa
Caso o presidente de Furnas insista em desestabilizar a atual gestão do Conselho Delibertativo da Fundação Real Grandeza, os trabalhadores de Furnas já decidiram que irão intensificar a luta, com mobilizações gradativas.
 
O Sinergia CUT continuará atento às manobras políticas que possam colocar em risco a integridade da FRG, bem como às estratégias gerenciais utilizadas para descaracterizar o enquadramento salarial autorizado pela Holding Eletrobrás. Juntos, à luta!

  Categorias: