CS: Sinergia CUT rejeita proposta da empresa Alternativa

06 maio 18:50 2009


 
O Sinergia CUT rejeitou a proposta apresentada pela empresa Alternativa, no último dia, 4 na primeira rodada de negociação da Campanha Salarial 2009. Alegando dificuldades financeiras, a empresa apresentou como proposta reajuste salarial ICV-DIEESE sem aumento real. Além disso, propôs transformar a despesa com refeição e cartão de alimentação sem ajustar o benefício.



A gratificação por fraude passou de R$ 7,50 para R$ 10,00 e com relação a hora-extra, a empresa informou que já estava praticando o pagamento com 100% a partir da 2ª hora trabalhada. O Sinergia CUT sinalizou interesse em inserir essa regra no ACT.



Em assembleias da pauta realizadas em Limeira e Rio Claro, foram escolhidos representantes dos trabalhadores para acompanhar a mesa de negociação, mas nessa primeira rodada, em Itapeva, a empresa não liberou os trabalhadores alegando falta de pessoal. A segunda rodada está marcada para o próximo dia 12 às 10h em Itapeva. O Sindicato defenderá a liberação dos trabalhadores para participação nesta próxima reunião.
 
 
 


 

  Categorias: