Irresponsabilidade Social 2

08 maio 15:03 2009

CPFL volta a demitir arbitrariamente mais de sete trabalhadores no início desta semana


Há menos de vinte dias de uma série demissões, a CPFL mais uma vez joga, de maneira irresponsável, mais de sete trabalhadores na rua. Nesta semana foram demitidos arbitrariamente profissionais das cidades de Campinas, Socorro, Sorocaba, Ribeirão Preto e Serra Negra.
Alegando baixo rendimento , a empresa dá continuidade à precarização das condições de trabalho em um momento de lucros exorbitantes e alta rentabilidade da empresa.



Vale lembrar que a CPFL atua em um setor que não foi diretamente atingido pela crise mundial e no ano passado obteve lucro de R$ 1,27 bilhão.



As demissões de eletricistas, trabalhadores do call center e da informática que aconteceram nesta semana, são novos fatos concretos para reforçar a denúncia que o Sinergia CUT prepara para apresentar à Comisão de Trabalho e Emprego do Congresso Nacional, Ministério Público do Trabalho e OIT.



Dentre os demitidos desta semana estão trabalhadores com problemas de saúde e com esposa grávida, além de mais um Representante Sindical. Para o Sinergia CUT, ‘a série de demissões mostra que na CPFL a qualidade de vida e condições dos trabalhadores não são prioridade.’

  Categorias: