Sindicato aceita proposta da empresa Salto do Lobo

02 junho 16:32 2009

O Sinergia CUT aceitou a proposta apresentada pela empresa Salto do Lobo na primeira rodada de negociação por considerar que a proposta atende as reivindicações dos trabalhadores. A reposição salarial seguirá o ICV-Dieese (5,78%), com aumento real de 0,40%, chegando a 6,20%.



Em relação à política de emprego, a empresa reconhece estabilidade do trabalhador no período de até 24 meses, que antecede o tempo de serviço necessário para aquisição do direito de aposentadoria pelo INSS, e a vigência do ACT será de três anos. Agora o Sinergia CUT realizará assembléias deliberativas nos locais de trabalho para  que a proposta seja aprovada.


Confira os demais itens da proposta:


Pisos salariais: 6,20%
PLR: 10% = De R$ 100,00 para R$ 110,00
Vale-Refeição: 6,20%, de R$ 262,00 para R$ 278,24
Auxílio educação: A empresa informou que já pratica e não quer escrever no ACT. Prevê reembolso integral para os cursos de NR10 e reciclagem.
Política e diretrizes básicas de segurança e saúde no trabalho
Todos os trabalhadores estão treinados conforme a NR10 e já estão em situação de reciclagem.



Assistência médico-hospitalar
A empresa implantou um plano de assistência médico-hospitalar aos trabalhadores e seus dependentes, com a participação de 5% do trabalhador no valor do convênio médico, aproximadamente R$ 3,00.
Em média o custo está em R$ 60,00. Para efeitos de benefícios e inclusão no plano de assistência médico-hospitalar, a empresa reconhecerá o contrato de união civil de pessoas do mesmo sexo.



Manutenção das cláusulas do ACT vigente

  Categorias: