Elektro apresenta nova proposta para PLR

10 junho 18:07 2009

Na última terça (09), o Sinergia CUT participou da 4ª reunião de negociação com a Elektro sobre a PLR 2009. Mais uma vez, a empresa se posicionou contra à distribuição da PLR igual para todos os trabalhadores e ao aumento do percentual do Resultado de Serviço que atualmente é de 1,5%. 



A empresa começou a reunião  apresentando uma nova proposta de PLR, corrigindo algumas distorções de trabalhadores que ganharam a mais no ano passado. Tudo indica que  o valor da PLR  esse ano seja bem melhor, pois pelo balanço trimestral  da empresa o Resultado de Serviço teve um aumento considerável, passando de R$ 148  milhões para R$ 201 milhões em 2009.



Considerando essa perspectiva, O Sinergia CUT propôs  em consenso com todos os sindicatos, vencendo a resistência inicial do Sindicato dos Engenheiros, a seguinte proposta para o Resultado de Serviços: Caso o valor do Resultado de Serviço de 2009 for maior que 2008 seja garantido o mesmo valor pago de 2008 para cada trabalhador e que a diferença seja distribuída de forma igual para todos.



Outra reivindicação apresentada pelo Sinergia CUT foi a retirada do TMR como indicador técnico da PLR, sem distribuição de seu peso nos demais indicadores. O Sindicato pediu ainda que sejam consideradas as meta de 2008 e que  caso a aplicação da nova lei 11638, que prevê mudanças nas regras contábeis da Elektro, altere negativamente o Resultado de Serviço, que essa diferença seja desconsiderada para efeito da PLR.



Além disso, o Sinergia CUT reivindicou que a antecipação da primeira parcela da PLR  seja paga em julho e que seja maior no próximo ano.
A próxima rodada de negociação está marcada para o próximo dia 18, quando o Sinergia CUT terá realizado todos cálculos e estudado a nova proposta para que a diferença das PLRs 2008 – 2009 seja igual para todos os trabalhadores. Todos esses pontos serão levados para a direção da Elektro  e enquanto isso, o Sindicato realizará assembleias informativas nos locais de trabalho.

  Categorias: