AES Tietê: Desrespeito na Campanha Salarial

08 julho 18:49 2009

Mais uma vez sem proposta, empresa remarca reunião para a próxima terça (14)


O que era para ser a quinta rodada de negociação do Campanha Salarial 2009 entre o Sinergia CUT e a AES Tietê, foi na verdade, uma rodada de puro desrespeito e falta de compromisso. Por parte da empresa, diga-se de passagem.



A reunião estava marcada para as 10h30. Depois de deixar o Sindicato à espera por mais de uma hora, o negociador da geradora apareceu simplesmente para dizer que ‘nada tinha a propor’.
Apresentou, sim, uma desculpa esfarrapada de que não houve tempo de conversar com a direção da empresa e que, por isso, estava impossibilitado de fazer uma proposta definitiva a ser levada aos trabalhadores.



Afirmou ainda que, a próxima reunião, marcada para a próxima terça-feira (14) deverá ser a última, uma vez que será apresentada ao Sindicato uma proposta completa.



O Sinergia CUT repudiou a atitude da AES Tietê e novamente cobrou o respeito por parte da empresa para com todos os trabalhadores. Até porque, passados 45 dias da data base, os trabalhadores ainda aguardam a definição e o pagamento do reajuste.



Mobilização
Caso na negociação de terça (14) a empresa não apresente uma proposta digna, a partir da quinta-feira (16) os trabalhadores realizarão mobilização na porta das Usinas. Fique ligado!


Para refletir


Você sabia que a AES Tietê:
– Foi reconhecida no ranking deste ano pela Revista Exame como uma das 20 empresas Modelo em sustentabilidade?
– Teve a melhor companha em rentabilidade?
– É a empresa de maior rentabilidade nos últimos cinco anos?
– Teve redução dos custos de transmissão e conexão de R$ 57 milhões no ciclo tarifário 2009-2010?


Contra fatos, não há argumentos:


PROPOSTA REJEITADA NA 4ª RODADA DE NEGOCIAÇÃO (25 DE JUNHO)Reajuste salarial: 5,1%
Reajuste de benefícios: 6%

  Categorias: