Eletrobrás totaliza investimentos de R$ 1,928 bilhão no primeiro semestre

31 julho 13:55 2009

Montante equivale a 26,6% dos R$ 7,243 bilhões previstos para este ano. Furnas realizou o maior investimentos do grupo no período


O Grupo Eletrobrás realizou investimentos de R$ 1,928 bilhão nos primeiros seis meses do ano, o equivalente a 26,6% dos R$ 7,243 bilhões previstos para 2009, segundo portaria do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 30 de julho. No terceiro bimestre do ano, a empresa investiu de R$ 756,224 milhões.


Furnas realizou o maior investimento do grupo no semestre, com aplicações de R$ 613,093 milhões, o equivalente a 38,3% do total de R$ 1,6 bilhão programado para todo o ano. Por outro lado, a Eletrosul continuou com o maior desembolso proporcional, 48,1% do orçamento anual de R$ 526,320 milhões. A estatal investiu R$ 253,413 milhões nos primeiros seis meses do ano, sendo R$ 81,011 milhões no terceiro bimestre.


Já a Chesf desembolsou R$ 273,099 milhões de janeiro a junho, o correspondente a 27,3% do orçamento de R$ 1 bilhão. Entre as quatro grandes subsidiárias da Eletrobrás, o menor desembolso é da Eletronorte. A estatal aplicou R$ 172,623 milhões, 28,8% dos R$ 600 milhões programados para 2009.


A Eletronuclear, por sua vez, investiu R$ 196,475 milhões no primeiro semestre, ou 17,6% dos R$ 1,117 bilhão orçados para este ano. Na área de geração a carvão, a CGTEE aplicou R$ 197,219 milhões, 33,2% dos R$ 593,854 milhões programados.


Distribuidoras – Entre as empresas de distribuição do grupo, a Manaus Energia (AM) realizou um investimento de R$ 84,738 milhões de janeiro a junho, o que significa 12,4% dos R$ 683,816 milhões previstos para 2009. A Cepisa (PI) aplicou R$ 47,469 milhões, 14% dos R$ 339,196 milhões deste ano. A Eletroacre (AC) aplicou R$ 21,791 milhões, 16,5% do orçamento anual de R$ 131,931 milhões.


A Ceal (AL) investiu R$ 36,970 milhões de janeiro a junho, o que corresponde a 16,3% dos R$ 227,156 milhões orçados para este ano. A Ceron (RO) investiu 8,6% do orçamento de R$ 249,847 milhões, ou R$ 21,558 milhões no semestre. A Boa Vista Energia aplicou R$ 3,657 milhão, ou seja, 16,3% dos R$ 22,431 milhões orçados.


MME – A Petrobras, a maior empresa ligada ao Ministério de Minas e Energia, investiu R$ 26,762 bilhões, o equivalente a 40,5% dos R$ 66,136 bilhões previsto para o ano. As estatais sob o MME aplicaram R$ 28,690 bilhões de janeiro a junho deste ano, 39,1% dos R$ 73,380 bilhões previstos para este ano.


Nos seis primeiros meses deste ano, os investimentos consolidados de todas as estatais atingem o montante de R$ 29,729 bilhões, ou 37,4% da dotação anual de R$ 79,449 bilhões. O relatório engloba as programações de 68 estatais – 59 do setor produtivo e nove do setor financeiro. Nos quatro primeiros meses, 11 delas apresentaram desempenho superior à media geral de 24,1%. (Carolina Medeiros)


 

  Categorias: