10º CONCUT: trabalhadores fazem arte

10 agosto 16:49 2009

Leci Brandão encerra festa que contou com a apresentação de delegados


‘Estou muito orgulhosa de estar aqui. Desde 1970, no início da minha carreira, participei de diversos encontros do movimento sindical e da CUT.  Fico honrada em saber que faço parte dessa história.’
Com essas palavras, a sambista Leci Brandão deu início à festa de encerramento do 10º Congresso Nacional da Central Única dos Trabalhadores.


Em cinco dias de CONC UT, mais de dois mil companheiros puderam se reencontrar, relembrar as lutas travadas ombro a ombro, discutir as próximas ações da maior central sindical da América Latina, mas também mostrar o talento da nossa gente.
‘Para mim, a música fala mais que inúmeros discursos’, comentou Maria Izabel da Silva, a Bel, Secretária de Políticas Sociais da Federação dos Bancários da CUT (FETEC). Com a experiência de quem vive a Central há mais de 18 anos, a dirigente subiu ao palco na quarta-feira (05), antes do reinício das atividades no período da tarde, empunhando um violão para cantar e tocar ‘Romaria

  Categorias: