Cteep, CPFL Paulista e Cemig-D recebem declaração de utilidade

09 setembro 13:07 2009

Áreas de terras serão necessárias à implantação de empreendimentos de transmissão para fins de servidão administrativa e desapropriação


A Agência Nacional de Energia Elétrica declarou de utilidade pública áreas de terras necessárias à implantação de empreendimentos de transmissão para fins de servidão administrativa e desapropriação. Entre as empresas beneficiadas estão a Cteep, a CPFL e a Cemig-D.


A Cteep aproveitará as terras para a recapacitação da linha de transmissão entre a subestação São João da Boa Vista II e a derivação para a SE Pinhal na estrutura 86 da linha Mogi Guaçu I – São João da Boa Vista II, em São Paulo. No mesmo estado, no município de Botucatu, a CPFL Paulista (SP) recebeu declaração para a passagem da LT entre as subestações Botucatu Cteep – Botucatu CPFL, com 1,8 quilômetros de extensão.


Ainda em São Paulo outra declaração permitirá que a Ibitiúva Bioenergética S/A e Andrade Açúcar e Álcool S/A realize a passagem da LT Caiçara – Humaitá – Central Geradora Termelétrica Destilaria Andrade, de 10,8 quilômetros. A Interligação Elétrica Pinheiros utilizará terras para a implantação da subestação Getulina e a passagem das linhas Jupiá – Getulina – Bauru, que interligará o seccionamento da LT Jupiá – Bauru à SE Getulina. Serão utilizados 12,5 hectares para a subestação e 50 metros de largura para a LT.


Já a Cemig-D utilizará terras com 25 metros de largura para a passagem, em Minas Gerais, da linha Mato Verde – Monte Azul, com aproximadamente 26,9 quilômetros de extensão.

  Categorias: