Serra se omite e Legislativo terá de convocar a Conferência de Comunicação

21 setembro 18:34 2009

Na próxima semana a Comissão Pró-Conferência Estadual de Comunicação irá procurar as lideranças do legislativo paulista para encaminhar a realização do encontro


O governo Serra não vai convocar a Conferência Estadual de Comunicação, como previsto pela portaria nº 667. Apesar da insistência da Comissão Pró-Conferência Estadual de Comunicação, da qual faz parte o Sindicato, o governo enviou comunicado passando a responsabilidade para o Legislativo paulista.
 
Ao todo, 15 Estados pelo País inteiro e muitos municípios vêm organizando suas Conferências de Comunicação. Mas São Paulo, maior centro de produção e divulgação midiática do País, sede de grandes grupos de comunicação, região de maior concentração populacional e, portanto, importante espaço de produção e consumo popular de cultura e comunicação, ficou isolado, frustrando as expectativas da sociedade civil de criar um campo de debate democrático e plural sobre a questão. A Conferência Nacional, em dezembro, deve ser precedida de etapas preparatórias e da eletiva estadual, que deverá ser realizada até 8/11.


Na próxima semana a Comissão Pró-Conferência Estadual de Comunicação, formada por 60 entidades, da qual faz parte o Sindicato, irá procurar as lideranças do legislativo paulista para encaminhar a realização do encontro.


Diante da atitude do governo, o Sindicato soltou a seguinte nota de repúdio:
O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo lamenta profundamente que o Governo do Estado de São Paulo não tenha convocado a etapa estadual da Conferência de Comunicação – CONFECOM dentro do prazo previsto pela Portaria nº 667, de 2 de setembro de 2009.


O executivo dos mais diversos Estados e municípios convocaram e estão realizando suas conferências. Enquanto isso acontece, o Estado de São Paulo, maior centro de produção e divulgação midiática do país, sede dos grandes grupos de comunicação, região de maior concentração populacional e, portanto, importante espaço de produção e consumo popular de cultura e comunicação não trabalha para viabilizar a criação de um espaço de debate democrático e plural sobre a questão.


Esta posição adotada pelo governo paulista obrigou o Legislativo a assumir a tarefa de convocar a 1ª  Conferência Estadual de Comunicação.


Diante desta realidade, resta à Comissão Estadual Pró-Conferência de Comunicação e às entidades interessadas na democratização da comunicação unirem-se ao poder Legislativo e garantir a realização do encontro.


Temos certeza de que, apesar da incompreensão do poder executivo paulista sobre a importância do Confecom para a sociedade brasileira, os setores responsáveis do empresariado e do governo participarão ativamente do processo e farão avançar a democracia em nosso país.
 
Confecom no Interior
Na quarta-feira (16/9), na Câmara Municipal de São José do Rio Preto, o Sindicato dos Jornalistas esteve reunido com representantes da sociedade civil em audiência pública conduzida pelo vereador Jorge Abdanur (PSDB), presidente da Comissão de Comunicação Social, para tratar da questão. Ficou definido que a realização da Conferência de São José do Rio Preto (que poderá ter abrangência regional) será dia 17/10, no plenário da Câmara Municipal. O secretário de Comunicação da Prefeitura, jornalista Zeilton Martins de Oliveira, vai tratar da infraestrutura e da publicação do edital.


Em Piracicaba foi anunciada a realização da Pré-Conferência também na Câmara, dia 17/10. O evento terá o apoio do Conselho Municipal das Entidades Sindicais de Piracicaba (Conespi) e coordenação da Regional do Sindicato dos Jornalistas.


A decisão do Conespi de apoiar o evento foi tomada na quinta-feira, 10/9, durante reunião no Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região, como forma de contribuir nesta discussão pela democratização da informação. Além do Conespi, que congrega mais de 20 sindicatos, o evento também conta com o respaldo de várias entidades organizadas da sociedade civil e da Câmara de Vereadores de Piracicaba.


A participação da sociedade é de fundamental importância para este momento na discussão de uma nova política de comunicação no País. Outras cidades e regiões se mobilizam em São Paulo, como Sorocaba, Bauru e Vale do Paraíba. A cidade de Cruzeiro organizará uma Conferência Regional. Campinas tem encontro marcado dias 16 e 17/10. Cidades da região, como Hortolândia, Indaiatuba, Socorro e Sumaré, também estão se organizando. Guarulhos já realizou sua Conferência nos dias 11 e 12/9.

  Categorias: