Apenas um contrato com terceirizada não é reprovado no Senado

05 outubro 12:36 2009

Comissão entrega relatório final sobre 34 contratos e sugere corte de 30% dos gastos



Relatório final sobre os 34 contratos de empresas terceirizadas no Senado foi entregue ontem à Primeira-Secretaria. Apenas um deles não apresenta irregularidades. Os outros 33 têm problemas como superfaturamento de salários e falta de projeto básico para execução.


A assessoria da Primeira-Secretaria disse que o documento será divulgado na semana que vem. O relatório foi feito por comissão de servidores concursados, a pedido do primeiro-secretário, Heráclito Fortes (DEM-PI).


Os contratos geram custo anual de R$ 155 milhões. O único sem irregularidades é com a empresa que faz impressos em braile e interpretação de linguagem de sinais. A comissão sugeriu corte de 30% nos gastos (economia de R$ 45 milhões anuais) e de 30% dos funcionários.

  Categorias: