Sinergia CUT abre a Reunião de Diretoria Colegiada Ampliada

15 outubro 17:18 2009

Edinho Silva, presidente estadual do PT, chama a atenção para a responsabilidade dos energéticos nas eleições de 2010


No primeiro dia da Reunião de Diretoria Colegiada Ampliada, 72 participantes acompanharam a palestra do presidente do PT do estado de São Paulo. Em sua fala, recuperou o histórico do governo Lula que iniciou com um processo de reestruturação do estado brasileiro.


Edinho chamou a atenção para a responsabilidade dos trabalhadores energéticos  em 2010, para a continuidade de um projeto democrático e popular, pois São Paulo representa  23% do eleitorado brasileiro: ‘O que estamos vendo hoje é um modelo de desenvolvimento , de um projeto nacional que interfere e inspira políticas públicas internacionais – crescimento econômico e distribuição de renda. Um modelo de desenvolvimento alternativo ao neoliberalismo na prática, que deve ser levado ao debate em 2010.’, afirma o presidente estadual do PT.


Segundo Edinho, em oposição a este projeto está a tentativa do PSDB e DEM em resgatar o projeto neoliberal. Citou como exemplo a ausência de medidas de enfrentamento à crise por parte do governo estadual, que realizou cortes em programas sociais importantes e terceirizações. ‘Os trabalhadores do setor energético conhecem bem a política neoliberal. A CESP só não foi privatizada poque teve interferência direta do governo Lula na prorrogação das concessões.’, lembra Edinho Silva.

  Categorias: