Elektro demite 26 trabalhadores e descumpre ACT

06 novembro 18:01 2009

Sinergia CUT repudia as demissões ocorridas na quarta-feira (04) e disponibiliza a área jurídica para os sócios que quiserem ingressar com ação contra a empresa


Na última quarta (04), a Elektro demitiu 26 trabalhadores sem sequer informar o motivo. Em reunião com o RH da empresa, na última quinta (05), que deveria discutir reestruturação organizacional, o Sinergia CUT manifestou seu repúdio às demissões e também ao desrespeito à cláusula 29 do ACT que determina que a empresa deve discutir previamente com o Sindicato qualquer reestruturação organizacional. Isso porque o Sindicato recebeu ligações de trabalhadores informando que a empresa nas regionais e na sede já estava comunicando as reestruturações, antes mesmo da reunião acontecer.



O Sinergia CUT realiza assembleias informativas nos locais de trabalho com um minuto de silêncio em protesto às demissões da Elektro.  O Sindicato disponibilizará a área jurídica para os sócios que quiserem ingressar com ação contra a empresa.

  Categorias: