Sinergia CUT repudia demissões na Elektro e descumprimento do ACT

10 novembro 18:12 2009

O ano poderia terminar melhor para mais de 2.700 trabalhadores da Elektro, logo após a assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) por quatro anos.  No entanto, a empresa descumpriu novamente a cláusula 29 do ACT ao implantar reestruturações organizacionais na empresa sem discutir previamente com o Sindicato.


Na última quinta (05), enquanto o Sinergia CUT reunia-se com o RH da empresa para justamente debater as reestruturações, os trabalhadores da sede e das regiões já estavam sendo comunicados da nova estrutura. Tudo isso um dia depois da empresa demitir 26 trabalhadores, na última quarta (04), muitos deles com tempo de casa e bom desempenho, sem sequer informar o motivo. 


 
Ao receber a denúncia de que os trabalhadores já estavam sendo informados das reestruturações, o Sinergia CUT interrompeu a reunião e repudiou o desrespeito às entidades sindicais.
Posição do Sinergia CUT
O Sinergia CUT não concorda com demissões sem motivo e muito menos com reestruturações organizacionais que reduzam postos de trabalho. 
‘A Elektro,  assim como demais as empresas do setor energético, tem apresentado ótimos resultados técnicos e financeiros. Somente no primeiro semestre de 2009, a empresa distribuiu aos seus acionistas dividendos no valor de R$ 238 milhões, o que deixa claro que a empresa quer reduzir custos com as demissões e reestruturações’, afirma a direção do Sindicato.


Para o Sinergia CUT, a Elektro colocou por água baixo tudo o que foi amplamente negociado com o Sindicato na construção do ACT. Sem se preocupar com a segurança e saúde dos trabalhadores, a empresa criou um péssimo clima ao forçar unilateralmente a reestruturação organizacional, somada ao grande número de demissões


O Sinergia CUT, sempre esteve disposto ao diálogo e à negociação, mas devido aos últimos fatos, não cabe outra alternativa a não ser denunciar  à Gerência Regional do Trabalho (GRT) o descumprimento do ACT e ingresso de ações judiciais para os demitidos.  Durante a semana, o Sinergia CUT realizará assembleias informativas  nos locais de trabalho. Participe!

  Categorias: