Por igualdade de oportunidades

16 novembro 15:48 2009

Mulheres e o mundo do trabalho é eixo central de seminários, nacional e internacional, que acontecem em São Paulo, de 16 a 19/11



Relações de gênero, precarização, proteção social e outras questões relativas ao tema ‘Divisão Sexual do Trabalho, Estado e Crise do Capitalismo’ serão debatidos no V Seminário Nacional do Núcleo de Reflexão Feminista sobre o Mundo do Trabalho Produtivo e Reprodutivo, que acontece nos dias 16 e 17 de novembro, no Hotel Braston, na capital paulista.


O Seminário é organizado pelas entidades que compõem o Núcleo – Central Única dos Trabalhadores (CUT), Movimento de Mulheres Camponesas (MMC), Marcha Mundial de Mulheres (MMM), Articulação de Mulheres Brasileiras (AMB) e Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços (CONTRACS).


Segundo Rosane Silva, secretária nacional de Mulheres da CUT, ‘a partir da reflexão sobre a realidade das mulheres no mundo do trabalho, o encontro visa subsidiar o coletivo, composto por mulheres das áreas política e acadêmica, representantes dos movimentos sociais, sindicalistas, estudiosas e pesquisadoras, de forma a contribuir na construção de políticas públicas e ações que promovam a igualdade de oportunidades, a proteção social e a ampliação de direitos’.

Experiências de promoção da igualdade de remuneração entre homens e mulheres é tema do Seminário Internacional promovido pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), por meio de sua secretaria nacional da Mulher Trabalhadora, em parceria com a Fundação Friedrich Ebert Stiftung (FES) e apoio da CSN/Quebec, da CC.OO./Espanha, CGTP-IN/Portugal e OIT/Brasil.


O Seminário será realizado nos dias 18 e 19 de novembro, no Hotel Braston, em São Paulo, mesmo local onde acontece o seminário nacional dois dias antes. ‘O objetivo do encontro é sensibilizar as secretarias estaduais de Mulheres e secretarias nacionais dos ramos da CUT para a luta pela igualdade de oportunidades de gênero no trabalho, na vida e no movimento sindical’, destaca Rosane Silva. ‘Nosso intuito é intensificar esta luta, portanto, a troca de experiências sobre a igualdade de remuneração, tanto nacionais quanto internacionais, e o aprofundamento da reflexão sobre a igualdade, de certo contribuirão para a construção de estratégias e ações para o próximo período’.


As inscrições para os dois seminários estão encerradas. Mais informações podem ser obtidas com Secretaria Nacional da Mulher Trabalhadora da CUT (SNMT) – pelo telefone: (11) 2108.9116 / 9287.


Confira abaixo as programações dos Seminários:


Seminário Nacional


V Seminário Nacional do Núcleo de Reflexão Feminista sobre o Mundo do Trabalho Produtivo e Reprodutivo: ‘Divisão Sexual do Trabalho, Estado e Crise do Capitalismo’


Data: 16 a 17 de novembro de 2009


Local: Hotel Braston – Rua Martins Fontes, 330 – São Paulo – SP


Programação


Dia 16/11 – segunda-feira


9h00 – MESA DE ABERTURA


Representantes do Núcleo


9h30 – CONFERÊNCIA DE ABERTURA: A CRISE MUNDIAL E O IMPACTO DA REESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA NA DIVISÃO SEXUAL DO TRABALHO


– Profª. Helena Hirata


– Maria Rosa Lombardi – Fundação Carlos Chagas


14h00 – MESA REDONDA 1: ESTADO E DIVISÃO SEXUAL DO TRABALHO: UM BALANÇO CRÍTICO


Coordenação: Vera Soares
Palestrantes:


– Trabalho Produtivo e Trabalho Reprodutivo. Onde estão as políticas públicas para mediar essa relação no Brasil  – Bila Sorj


– Impacto das políticas de enfrentamento à pobreza no cotidiano das mulheres.  Marlene Teixeira (Universidade de Brasília – UNB)


– Questões de Políticas Públicas e as Trabalhadoras Rurais Elisângela Araújo (Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar – FETRAF)


Dia 17/11 – terça-feira


9h – MESA REDONDA 2: REESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA, PRECARIZAÇÃO E DESPROTEÇÃO SOCIAL  AO TRABALHO DAS MULHERES


Coordenação: Rosane Silva (Secretária Nacional da Mulher Trabalhadora – SNMT/CUT)


Palestrantes:
Modelo de Seguridade Social brasileiro e as mulheres.  Patricia Pelatieri (DIEESE)


Informalidade e desproteção social: uma realidade para a maioria das mulheres trabalhadoras – Ângela Araújo (UNICAMP)


Questões em torno da proteção social ao trabalho doméstico. Maria Betânia Ávila (SOS CORPO Instituto Feminista para a Democracia)


14 h – MESA REDONDA 3 – LUTAS SINDICAIS E FEMINISTAS NOS CAMPO DOS DIREITOS DO TRABALHO E DA PROTEÇÃO SOCIAL DAS MULHERES


Seminário Internacional:
Experiências de promoção da igualdade de remuneração entre homens e mulheres


Data: 18 a 19 de novembro de 2009


Local: Hotel Braston – Rua Martins Fontes, 330 – São Paulo – SP


Programação


Dia 18/11 – quarta-feira


09h00 – Abertura


– CSN/Quebec – Denise Boucher, Vice Presidenta


– FES – Jochen Steinhilber, Representante no Brasil


– CUT – Quintino Severo – Secretário Geral da CUT


09h15 – Apresentação da campanha ‘Igualdade de Oportunidades na vida, no trabalho e no movimento sindical’


– Rosane da Silva, Secretária Nacional da Mulher Trabalhadora/CUT


10h00 – Conferência inaugural: Trabalho e Relações Sociais de Gênero


– Nalu Farias /Marcha Mundial das Mulheres


– Heleieth Saffioti /Professora aposentada UNESP


12h30 – Intervalo para almoço


14h00 – Experiências de promoção da igualdade de remuneração e de oportunidades:


– Carmem Bravo Sueskun – Secretaria Nacional de Mulheres das Comissões Obreiras (CC.OO – Espanha) – negociação coletiva e legislação nacional sobre o tema


– Vera Soares – a experiência da França – legislação sobre igualdade


– Ana Letícia Silva – Instituto Ethos – A plataforma de ações de responsabilidade social empresarial para a promoção da equidade entre homens e mulheres


16h30 – Intervalo para café


16h45 – debate em plenário


18h00 – Encerramento dos trabalhos no dia


Dia 19/11 – quinta-feira


09h00 – Instrumentos para a igualdade de remuneração entre homens e mulheres : as convenções Nº 100, 11 e 156 da OIT


– Márcia Vasconcelos – Oficial de Programas de Promoção da Igualdade de Gênero e Raça no Mundo do Trabalho


10h00 – perguntas e dúvidas


10h30 – Instrumentos para a igualdade de remuneração entre homens e mulheres – Iniciativas sindicais para a promoção da igualdade de remuneração


– Odete Filipe, Comissão de Mulheres da CGTP-IN Portugal (negociação coletiva no setor de bares e restaurantes/experiência da União Européia)


– Graça Costa – ISP Brasil – Avaliação de postos de trabalho sem viés de gênero: a experiência do comitê de Quixadá.


12h30 – Intervalo para almoço
14h00 – Instrumentos para a igualdade de remuneração entre homens e mulheres


– Judith Carroll – especialista da CSN do Quebec – A legislação nacional sobre equidade de gênero e os avanços obtidos para a igualdade


15h45 – Intervalo para café
16h00 – Rumo à equidade salarial: perspectivas e possibilidades de ação


– Rosane da Silva, Secretária Nacional da Mulher Trabalhadora da CUT


– Denise Boucher, Vice-presidenta da CSN/Quebec


– Marilane Teixeira, especialista na temática de gênero


18h00 – Avaliação e encerramento pelas entidades organizadoras

  Categorias: