Manifestação em Iaras

16 março 16:22 2010

Manifestação em Iaras


Num exemplo extremo de abuso de autoridade e despreparo para situações de mobilizações populares, a Polícia Militar agrediu manifestantes da Central Única dos Trabalhadores e do Partido dos Trabalhadores, na manhã desta sexta-feira (12) na cidade de Iaras.


O manifesto, organizado pela Macro/PT de Bauru, em defesa do mandato da Vereadora  daquela cidade, Rosemeire Pan’Darco, cuja recente prisão foi interpretada pelos movimentos sociais como “prisão política”, foi pacífico, porém,  a PM agiu de forma extremamente violenta chegando a agredir os manifestantes, inclusive o Coordenador da CUT na região de Bauru, Francisco Wagner Monteiro, que acabou detido. Um dos manifestantes foi ferido pela PM.



Apesar da truculência policial, não houve confronto, já que os manifestantes não aceitaram a provocação da Polícia e reafirmaram que se tratava de um Ato Pacífico.


A Subsede de Bauru da Central Única dos Trabalhadores do Estado de São Paulo repudia tal atitude da Polícia Militar e reafirma seu compromisso de lutar em defesa dos movimentos populares e Reforma Agrária, motivos que levaram seu  coordenador  até Iaras nesta manhã.

  Categorias: