Lula e Dilma estarão no 1º de maio Latino-americano da CUT no Memorial da América Latina

28 abril 16:41 2010

O cerimonial da Presidência divulgará nesta quarta, 28, o credenciamento à imprensa. Informamos que, além do nosso, para cobrir a participação do presidente é obrigatório o cadastro no site do Planalto.  


O presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, a ex-ministra e candidata à presidência da República, Dilma Russef (PT), o senador Aloizio Mercadante (candidato ao governo do Estado de São Paulo (PT) e Marta Suplicy (pré-candidata ao Senado – PT) confirmaram presença no 1º de Maio Latino-americano da CUT, que acontecerá no próximo sábado, no Memorial da América Latina, ao lado do metrô Barra Funda.  A celebração do 1º de Maio da CUT iniciará no dia 30 de abril, com a realização do Seminário Sindical Internacional, também ocorrerá no Memorial da AL.


A CUT também convidou autoridades e parlamentares do campo democrático popular, de partidos políticos e dirigentes dos movimentos sociais e populares. O 1º de Maio Latino-americano da CUT valorizará a cultura e a integração de 20 países da América Latina, que representam cerca de 100 milhões de trabalhadores. A bandeira principal de luta deste ano é “Todos unidos pela integração regional, trabalho decente, contra o neoliberalismo e xenofobia”.


Os presidentes da CUT-SP, Adi dos Santos Lima e da CUT Nacional, Artur Henrique, destacaram que o 1º de Maio também fará um resgate da data histórica e também dos valores culturais destes países. Na ocasião, a CUT lançará “Plataforma da CUT para as Eleições 2010”. Trata-se de um conjunto de reivindicações que destacam a valorização do trabalho; a igualdade de oportunidades no mercado de trabalho; a distribuição de renda com inclusão social e um Estado democrático com caráter público e com participação ativa da sociedade. 


Ato inter-religioso, gastronomia e exposições


A abertura do 1º de Maio da CUT acontecerá, a partir das 10h, com a celebração de um ato inter-religioso que reunirá as lideranças de todas as religiões. Após a solenidade, a CUT fará uma homenagem à médica e fundadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns (que faleceu no começo do ano no terromoto do Haiti).


Outras novidades são a realização de uma exposição de fotos (que iniciará no dia 30 de abril  durante o Seminário Sindical Internacional e 1º de maio) sobre o mundo do trabalho dos países da América Latina, bem como uma feira gastronômica (comidas típicas do Brasil e de 11 países da AL); uma mostra de artesanato e lançamento de livros de grandes autores e personalidades do meio jornalístico e do mundo do trabalho – estas atividades acontecerão somente no dia 1º de maio.          Também no dia 1º os trabalhadores vão conferir shows com bandas e cantores renomados do Brasil e da América Latina. 


Ao vivo: Milton Nascimento e Carlinhos Brown são algumas das principais atrações


A partir das 10h, o palco principal do Memorial receberá grupos latino-americanos que farão apresentações de danças latinas. A população curtirá shows ao vivo de Raíces de America (banda brasileira), do cantor cubano Fernando Ferrer,  Milton Nascimento, que prestará uma homenagem à cantora argentina, Mercedes Sosa, e Carlinhos Brown.
além da capital, a CUT promoverá eventos-shows descentralizados nas regiões da zona sul, ABC, Baixada Santista, Campinas, Osasco e Guarulhos. 


Evento: 1º de Maio Latino-americano da CUT 2010


Data: 1º de Maio (sábado)


Local: Memorial da América Latina – situado à Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda.


Horário: a partir das 10h


Entrada: franca


Hotsite: www.1demaiocut2010.com.br

  Categorias: