Eletrobrás: decepção da primeira rodada

06 maio 15:58 2010

Holding tenta misturar negociação do PCR com ACT. Trabalhadores respondem com paralisação de 24h no próximo dia 10



Os representantes sindicais que negociam o ACT com a holding Eletrobrás saíram decepcionados da primeira rodada de negociação, realizada no dia 28 de abril passado. Isso porque os representantes da direção da Eletrobrás não apresentaram nenhuma proposta às reivindicações dos trabalhadores, marcando a próxima rodada para uma data distante: 19 de maio.



“Nesse momento, em que vem sendo anunciada para todo o país a Nova Eletrobrás, é preciso que ela também seja nova no tratamento com os seus trabalhadores, priorizando as discussões do ACT e reconhecendo o extraordinário momento em que vive a economia brasileira”, critica o Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE).
Um dos principais problemas apontado pelo CNE é o fato da holding tentar misturar a negociação do PCR com o ACT, tentando, dessa forma, impor o plano aos trabalhadores de qualquer jeito.



Por este motivo, o CNE informa que está programada uma paralisação de 24 horas para a segunda-feira que vem (10) em todo o País.


Em Furnas haverá mobilização nos dias 24 e 25 de maio pela Campanha Salarial.

  Categorias: