Grupo Rede: Proposta rejeitada

12 maio 15:40 2010

Na segunda rodada de negociação com o Grupo Rede, o Sinergia CUT rejeitou a proposta apresentada por oferecer apenas reajuste de 5,3 % (INPC) para salários e benefícios. Dirigentes do Sinergia CUT cobraram da empresa uma proposta melhor, que contemple os anseios da categoria. A próxima reunião que seria realizada nesta quinta (13) foi remarcada para o dia 17.



A reunião referente à Campanha Salarial começou com o alinhamento das pautas das empresas CFLO, Bragantina, Vale e Nacional com a empresa Caiuá, item por item. Antes, a empresa apresentou os indicadores e metas da PPR 2010 das empresas Sul e Sudeste, que serão avaliadas pelo Sindicato e pela comissão de negociação da PPR.

  Categorias: