Furnas: assembléias deliberativas até terça (08)

08 junho 14:53 2010

Enrolação na terceira rodada motiva plano de luta com paralisação com início na próxima quarta (09)


O Comando Nacional dos Eletricitários (CNE) considerou a terceira rodada de negociação, realizada no dia 01 passado, como enrolação. A avaliação geral do CNE é que os negociadores da holding dificultaram o andamento da reunião.


Sobre o Ganho Real e a unificação da Gratificação de Férias houve retrocesso, pois durante a rodada os negociadores mencionaram que essas reivindicações não seriam incluídas no contrato, sendo que na reunião anterior os negociadores sinalizaram possibilidade de avanços nessas mesmas cláusulas.


A posição das empresas foi a de analisar as reivindicações das entidades sindicais e de até esta terça (08) enviar resposta sobre os seguintes itens: ganho real, abono, gratificação de férias (unificação); auxilio-creche, unificação de benefícios e CCE 09 (flexibilização).


Diante dessa situação, o CNE encaminha para rejeição a contraproposta da Eletrobras que será avaliada pelos trabalhadores até esta terça (08) nas assembléias deliberativas: “Queremos não só as cláusulas econômicas, mas também várias outras que não possuem cunho econômico, mas são de grande avanço para os trabalhadores (as) e que há anos não são solucionadas”, destaca o CNE.


 O plano de luta indicado pelo CNE compreende paralisação por 72 horas entre quarta (09) e sexta (11) em repúdio à forma como a Eletrobras tem conduzido a negociação.

  Categorias: