Elektro: proposta final avança

08 julho 10:47 2010

Reajuste de 6,5% sobre salários e benefícios e 8% sobre VA/VR e Cesta Básica. Assembleias a partir de terça (13)


A proposta final negociada entre Sinergia CUT e Elektro na quinta rodada de negociação, ocorrida na última quarta (07), fechou em 6,5% de reajuste sobre salários e benefícios e 8% para VA/VR e Cesta Básica.


Inicialmente, a empresa havia proposto 5,8% de reajuste sobre salários e 7% sobre alimentação, mas o Sinergia CUT rejeitou a proposta, destacando que os trabalhadores não aceitariam índices econômicos menores do que os que foram negociados com a CPFL.


Apesar da proposta manter as cláusulas sociais, contemplar aumento real de 0,83% sobre salários e 2,25% no VA/VR e garantir a vigência do ACT durante três anos, a direção do Sinergia CUT analisará a proposta para que ela seja posteriormente submetida à deliberação dos trabalhadores , a partir da próxima terça (13). Participe das assembleias!


PLR 2010
O Sinergia CUT também cobrou da empresa o pagamento da antecipação da PLR ainda no mês de julho, pois   os trabalhadores não podem ser penalizados pela enrolação da empresa no processo de negociação da Campanha Salarial.  A Elektro comprometeu-se a agendar o mais breve possível uma reunião para tratar desse assunto.

  Categorias: