Acidente fatal com trabalhador da PIERP

15 setembro 15:00 2010

Há cerca de 10 dias um trabalhador da terceirizada PIERP, de Ribeirão Preto,  foi atropelado por um caminhão desgovernado, de uma empresa terceirizada da PIERP,  e morreu. 


As únicas informações que chegaram até o Sinergia CUT, no momento, é que ele trabalhava na guarita como ajudante de serviços gerais, e era responsável  pela entrada e saída dentro da empresa.  Tanto a PIERP, quanto a empresa responsável pelo caminhão  se recusam a prestar qualquer tipo de esclarecimento ao Sindicato. O Sinergia continuará cobrando providências das duas empresas.


Mais dois na região de Americana


Na madrugada quarta feira (08), por volta de uma da manhã, em Americana, um eletricista da CPFL foi atropelado por um motociclista na Avenida Antonio Lobo enquanto trabalhavam no barramento de um poste. 


O Sinergia CUT apurou que os quatro trabalhadores que participavam da operação  isolaram metade da avenida Antonio Lobo  com cones para reparos no poste e o motociclista veio em alta velocidade, derrubou os cones e invadiu a área isolada atropelando o trabalhador.


Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros,  levado ao Hospital São Lucas, e liberado após as 11h depois de passar por uma bateria de exames.  Ainda segundo informações, o funcionário trabalha na EA há seis meses.


Ainda na região de Americana, outro acidente aconteceu  no último dia 02, na Rodovia Luiz de Queiroz, próximo ao Bairro Santa Rita, em Santa Bárbara do Oeste,  deixando dois trabalhadores da Rizal feridos


Os dois estavam indo de Santa Bárbara  sentido  Americana na rodovia , quando  acabaram se envolvendo no acidente com umm caminhão. Ambos tiveram ferimentos.


Para a direção do Sinergia CUT, o acidente pode ter sido gerado pelo excesso da jornada de trabalho. ‘A  Rizal faz prestação de serviços comerciais para a CPFL até às 17 horas. Após este período, existe apenas uma equipe para fazer a religação de energia nas cidades de Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara D´Oeste, sobrecarregando os trabalhadores’, destaca o Sindicato.



Mais um acidente na região de Matão


Em Matão, um trabalhador que fazia a substituição de um poste caiu de uma altura de aproximadamente cinco metros e passa bem. O acidente aconteceu no ultimo dia 17 de agosto.



 

  Categorias: