Consumo de energia nas residências brasileiras cresce 5,8% em setembro

28 outubro 17:14 2010

O consumo médio de energia nas residências brasileiras em setembro deste ano cresceu 5,8% frente ao mesmo mês de 2009, totalizando 8.904 GWh (gigawatts-hora), segundo dados divulgados nesta quarta-feira (27) pela EPE (Empresa de Pesquisa Energética).

 

No acumulado do ano, o consumo residencial já é 7% superior ao ano passado. Com isso, a EPE elevou sua expectativa para o ano, esperando agora que encerre com 420 mil GWh consumidos, evolução de 8,1% frente a 2009 – a previsão anterior indicava expansão de 7,7%.

 

De acordo com a EPE, a alta no consumo de energia nas famílias se explica pela taxa de desemprego relativamente baixa e ao aumento da massa salarial. ‘Adicionalmente, concorre para essa elevação no consumo a expansão do crédito, aplicado, em parte, na aquisição de equipamentos eletrodomésticos’, afirma o relatório da entidade.

 

Consumo geral

 

Somando-se o consumo residencial ao industrial e comercial, foram consumidos em setembro 35.466 GWh, um acréscimo de 7,1% frente ao mesmo período do ano passado. Com esse resultado, o consumo geral de energia acumulado até setembro cresceu 9% frente a 2009.

 

‘Decorridos os nove primeiros meses de 2010, observa-se que o consumo das classes residencial e comercial manteve patamar elevado de crescimento, e que o consumo industrial segue firme em sua trajetória de recuperação’, acrescenta a EPE.

  Categorias: