Brasil tem melhor expectativa para emprego na América, diz pesquisa

10 dezembro 14:02 2010

O emprego crescerá no primeiro trimestre de 2011 nos países da América, onde Brasil, Peru e Panamá apresentam a melhor expectativa, e os Estados Unidos, a pior, segundo uma pesquisa entre diretores de empresas divulgada, nesta terça-feira (7), no Panamá.


As expectativas mais otimistas são as do Brasil, onde se registra uma tendência de crescimento líquido de emprego de 36%, 5 pontos a mais do que há um ano.


De acordo com a consulta realizada entre 30 mil encarregados de contratação de pessoal para empresas de 10 países da América, as expectativas de contratação são ‘positivas’.


‘Não há nenhum país que reporte números negativos de emprego para o próximo trimestre’, disse Luis Fernando González, gerente regional para a América Central e a República Dominicana da empresa de recursos humanos ManPower.


‘Podemos falar que em 2011 a crise na América já pode entrar para a história’, completou.


O Peru, com uma tendência líquida de emprego de 22%, e o Panamá, de 21%, são os outros dois países americanos com melhores expectativas trabalhistas, seguidos de Costa Rica (19%), Argentina (18%), México (16%), Canadá (14%), Colombia (10%) Guatemala (9%) e Estados Unidos (9%).

  Categorias: