Sinergia CUT rejeita primeira proposta da Fasa Eletromecânica e Fasa Indústria

28 fevereiro 20:41 2011 Cecília Gomes

Primeira rodada ocorreu na quarta (23), mas Sindicato considera proposta ainda insuficiente

Com a alegação de que o contrato da Fasa Eletromecânica com a CESP encerrará em outubro desse ano, os representantes das empresas mostraram-se resistentes quanto a possibilidade de ampliação de benefícios aos trabalhadores durante a primeira rodada de negociação, realizada da última quarta (23).
 
A empresa ofereceu apenas o reajuste pelo ICV-Dieese nos salários e benefícios e concordou a incluir, entre outras cláusulas o cumprimento da legislação para pagamento de horas-extras e adicional de periculosidade, a implantação de uma política de diretrizes básicas de segurança e saúde no trabalho e um processo permanente de negociação.
 
Nesta primeira reunião, a empresa declarou não concordar com 15 cláusulas propostas pela categoria, entre elas o aumento real, auxílio educação e participação nos lucros e resultados.
 
Com a intenção de avançar na negociação, o Sindicato rejeitou esta primeira proposta. Nova rodada foi agendada para esta sexta (04) às 09h30.

  Categorias: