VITÓRIA DA CATEGORIA!

VITÓRIA DA CATEGORIA!
23 março 19:40 2011 Lílian Parise

Cerca de 96%  dos trabalhadores e trabalhadoras reelegem as Chapas 1, as chapas da categoria,  para continuar Fazendo Mais e Melhor nos próximos três anos. Gentil Freitas e Jesus Garcia foram reeleitos presidentes do STIEEC e do Sinergia CUT, respectivamente

Acabou por volta das 18h a apuração das 75 urnas que percorreram todo o estado de São Paulo durante dois dias para coletar os votos dos milhares de sindicalizados da ativa e aposentados de todas as empresas energéticas paulistas. A apuração foi centralizada em Campinas e aconteceu na sede do Sindicato dos Petroleiros a partir das 14h desta quarta-feira (23).

Vale lembrar que foram duas eleições simultâneas e paralelas que aconteceram nas últimas segunda (21) e terça (22) para eleger as novas direções do Sindicato dos Eletricitários de Campinas (STIEEC) e do Sinergia CUT. Urnas fixas funcionaram nas macrorregiões e em locais com grande concentração de trabalhadores. Urnas itinerantes passaram por todas as localidades mais distantes para coletar o voto da categoria. As cédulas eram diferenciadas por cores – branca para o STIEEC e amarela para o Sinergia CUT.

No início da apuração, os dirigentes das duas entidades receberam a visita de Demétrio Vilagra, petroleiro e sindicalista que atualmente é vice-prefeito de Campinas. Em entrevista ao Portal do Sinergia CUT, Demétrio destacou a parceria histórica entre os petroleiros e os eletricitários na luta em defesa dos direitos da classe trabalhadora.  “Essa parceria entre nós é histórica, incluindo a luta contra a privatização das estatais. Hoje, participo de mais um momento democrático que legitima essa luta”.

Resultado oficial
Sob coordenação do presidente da Comissão Eleitoral, Nilson Roberto Lucílio,  dez mesas  trabalharam durante toda a tarde para apurar os votos das urnas das dez macrorregiões. Agora há pouco a Comissão divulgou oficialmente os resultados finais.

A Chapa 1 que concorreu na eleição do Sinergia CUT recebeu 89,4% dos votos dos trabalhadores. Os brancos foram 2,39% e os nulos atingiram 0,46%.

A Chapa 1 que venceu a eleição do STIEEC conquistou 96,22% dos votos válidos. Os brancos foram 3,23% e os nulos ficaram em 0,41%.

  Categorias: