Eletrobrás/Furnas: Pauta Nacional com as reivindicações dos trabalhadores será entregue à direção da Holding nesta terça (05)

04 abril 09:56 2011 Federação Nacional dos Urbanitários (FNU) e Comando Nacional dos Eletricitários (CNE)

 Atos em todo país marcam o início da luta por um ACT justo

O Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE), através dos representantes das intersindicais farão à entrega da pauta nacional a direção do Sistema Eletrobras  Nacional nesta terça-feira, dia 05, às 14 horas, na sede da holding, no Rio de Janeiro. Para este mesmo dia o CNE e a FNU convocam os trabalhadores para os atos que serão realizados na porta de todas as empresas para marcar o inicio das negociações do ACT 2011/2012.

O objetivo dessa grande mobilização é mostrar para direção da Eletrobras a importância desse ACT para seus trabalhadores, deixando claro que não aceitarão qualquer tipo de retrocesso, pois hoje o país tem um crescimento de 7,5% do PIB, mostrando a força da sua economia. Diante desse quadro, não há espaço para que os trabalhadores paguem a conta em relação às medidas adotadas pela equipe econômica nesse inicio de governo.

Exigimos a continuidade das conquistas alcançadas durante o Governo Lula. Queremos avançar, em especial no que tange as nossas bandeiras, que são: Ganho Real e PLR, Unificação e Isonomia de benefícios, Plano de Saúde unificado e extensivo, Melhorias no PCR. Nesse primeiro contato com a Holding deixaremos claro que iremos aprofundar também o debate sobre temas fundamentais para o futuro dos trabalhadores, com destaque para a reestruturação da Eletrobras, a distribuição da PLR e a eleição para o Conselho de Administração, com a participação dos trabalhadores, uma conquista histórica que precisa ser respeitada.

A expectativa dos trabalhadores é que a negociação tenha um inicio respeitoso, para isso consideramos fundamental a presença de toda direção da Holding neste dia 05 na sede da Eletrobras. O CNE sabe das expectativas dos trabalhadores, já sinalizada na pesquisa realizada pelo DIEESE, por isso vem trabalhando duro, de forma planejada, para que esse ACT faça justiça com os anseios do conjunto dos trabalhadores.

Vamos à luta!

  Categorias: