Trabalhadores da Medral decidem sobre plano de lutas

Trabalhadores da Medral decidem sobre plano de lutas
04 abril 09:22 2011 Débora Piloni

Empresa interrompe processo de negociação com proposta que não atende às expectativas da categoria. Assembleia ocorre nesta terça (05)
 
Com o objetivo de pressionar a empresa a reabrir as negociações da Campanha Salarial 2011, o Sinergia CUT realizará assembleia com os trabalhadores da Medral nesta terça (05). Tudo porque, de modo unilateral, a empresa interrompeu as negociações antes da 3ª rodada, que estava agendada para o dia 28 de março passado.

Além de não comparecer à reunião, a Medral limitou-se a enviar ao Sindicato, via e-mail, a informação de que não seria possível alterar a proposta apresentada na rodada anterior: 5% de reajuste salarial e 13,34% de reajuste no Vale Refeição. “E com total desrespeito aos trabalhadores, considerou o processo negocial encerrado”, considerou a direção do Sinergia CUT.

Por entender que o índice de reajuste não atinge a reposição salarial reivindicada na pauta e a proposta não prevê outros pontos importantes aos trabalhadores, o Sindicato realizará assembleia encaminhando para rejeição a proposta enviada pela empresa.

Mais que isso: os trabalhadores deverão deliberar sobre um plano de luta que prevê mobilização de meio período na próxima segunda (11) e de um dia no dia 18. Se até lá as negociações não forem reabertas, a deliberação será por greve por tempo indeterminado.

Participe! A gente quer mais!

  Categorias: