Assembleias na Salto do Lobo, Ceroc e Taesa

02 junho 13:26 2011 Cecília Gomes

O  Sinergia CUT realiza a partir desta segunda (06) assembleias deliberativas para aprovação das propostas na Salto do Lobo, que fechou negociação em 9% reajuste salarial, na Ceroc com reajuste salarial de 8,61% e também na Taesa que fechou em 7%. Confira os detalhes das propostas!

Salto do Lobo

A empresa já havia garantido a database através de ofício quando o Sindicato entregou a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2011. Logo no início os representantes da Salto do Lobo garantiram a reposição da inflação pelo DIEESE (7,33%) e avançou ao apresentar 1,56% de aumento real, totalizando 9% de reajuste salarial.

 Proposta final:
– Vigência do ACT:  até 2014;
– Reposição Salarial: 7,33% (ICV-DIEESE) + 1,56% (aumento real)  = 9%;
– Pisos salariais: 7,33% (ICV-DIEESE) + 7,50% (aumento real) = 15,38%:

Cargo Piso atual Piso corrigido
Ajudante de Operação R$ 521,38 R$ 601,57
Demais Cargos R$ 720,25 R$ 831,02
Engenheiros 6 Salários Mínimos 6 Salários Mínimos

 
– Ajuda de custo: de R$ 300 para R% 327 = 9%;
– Participação nos Lucros e/ou Resultados: de R$ 130,00 p/ R$ 150,00 = 7,33% (ICV-  DIEESE) + 7,51% (aumento real) = 15,4%;
– Abono salarial: 10% do salário;
– Manutenção das demais cláusulas vigentes; 
 

Taesa
 
Proposta final:

Reajuste: 7% (ICV-DIEESE 6,26%) o que representa um aumento real de  0,69%.

Vale refeição: de R$ 467,00 p/ R$ 551,00. (18%) a partir de 01/07/2011 até 28/02/2013 (vigência de 2 anos)

Plano previdenciário: Estão elaborando uma proposta. Assim que estiver concluída, apresentara ao Sindicato.

AMHO: Já possui um plano para os trabalhadores. Concorda em incluir dependentes.

PLR:  Discutirá posteriormente, mediante termo aditivo.

Ceroc
 
Proposta final:  
– Repasse 4,2% + Inflação 3,17% + Aumento Real 1,03% = 8,61%

– Além do reajuste salarial, serão acrescentados itens na cesta básica

O Sindicato ressalta que o reajuste salarial da Cooperativa tem uma especificidade que toda a veze que a inflação atinge 1% dispara-se um gatilho, sendo que na data base a empresa discute com o Sindicato somente o valor do aumento real tendo como referencia o ICV do DIEESE. Ou seja, foi feito um repasse de 4,2% em janeiro e agora será aplicado um reajuste de 3,17%. Portanto, a CEROC repôs a inflação do período (ICV DIEESE de 7,33%) e ofereceu 1,03% de Aumento Real, perfazendo um reajuste total de 10,59%.

  Categorias: