Elektro apresenta nova proposta para PLR Especial e Sinergia CUT faz contraproposta…

Elektro apresenta nova proposta para PLR Especial e Sinergia CUT faz contraproposta…
07 junho 11:20 2011 Débora Piloni

… e nessa quarta rodada, finalmente começam as negociações da CS 2011. Nova reunião na quarta (08)

Na reunião realizada na última segunda (06), a Elektro apresentou uma nova proposta para o pagamento da PLR Especial da venda, condicionada a fechar também acordo para a PLR 2011.

Pela proposta, a PLR Especial teria um valor total de R$ 9.728.702,73, que representa o mesmo montante gasto na PLR 2009 ou 82,5% do valor pago de PLR 2010. Esse valor seria dividido da seguinte forma:

  • Eletricitários (R$ 9.195.861,68) distribuída igualitariamente;
  • Engenheiros (R% 532.841,09) com distribuição proporcional ao salário

Para a PLR 2011, a empresa mantém os termos e modelos da PLR 2010.

A proposta foi rejeitada porque, para o Sindicato os valores propostos podem melhorar e, além do mais, existe a falta de exatidão da empresa quanto ao número de trabalhadores que terão direito à PLR da venda. Com relação a isso, a Elektro levantará o número exato, conforme os critérios de exclusão/inclusão já definidos, para informar ao sindicato na próxima rodada.

Vale ressaltar que terão direito ao recebimento da PLR especial os trabalhadores que possuíam o contrato de trabalho vigente em 30/04/2011. Para os admitidos ou demitidos entre 01/01/2011 e 30/04/11 o valor será pro-rata, de acordo com os meses trabalhados nesse períodos na proporção de ¼ do valor acordado para cada mês trabalhado entre janeiro e abri/2011, considerando que o período igual ou superior a 15 dias equivale-se a um mês.

Contrapropostas
Após um intervalo na negociação, o Sinergia CUT apresentou duas contrapropostas para a empresa:
 
Proposta 1

  • PLR Especial da venda: 92,5% do valor pago da PLR 2010.
  • PLR 2011:
    A manutenção dos termos e modelos da PLR 2010, com a exclusão dos três indicadores: Disponibilidade do Call Center/DEC/Observação de Segurança, mantendo apenas o próprio Resultado de Serviço.

Proposta 2

  • PLR Especial da venda: 82,5% do valor pago da PLR 2010 (R$ 9.728.702,73), ou seja, o mesmo valor gasto na PLR 2009, dividido:

– Eletricitários (R$ 9.195.861,68) distribuída de forma igualitária;

– Engenheiros (R% 532.841,09) distribuída de forma proporcional ao salário;

  • PLR 2011:
    Caso a empresa insista em manter como proposta em pagar o mesmo valor gasto em 2009 (82,5% ou seja R$ 9.728.702,73) na PLR Especial da venda, deverá corrigir de 1,5% para 1,7625% o percentual do Resultado de Serviço para a PLR 2011 além da exclusão dos três indicadores, Disponibilidade do Call Center/DEC/Observação de Segurança, mantendo apenas o próprio Resultado de Serviço com indicador conforme a legislação exige.

A empresa estudará as premissas e apresentará uma nova proposta na próxima rodada ainda a ser agendada.
 
Campanha Salarial 2011

Finalmente, já na quarta reunião de negociação, começaram as discussões referentes à Campanha Salarial dos trabalhadores.

A empresa não apresentou nenhuma proposta econômica, mas iniciou as discussões ressaltando que foram apresentados pelos sindicatos 103 itens nas respectivas pautas. A distribuidora afirmou que tem interesse em negociar a redação das cláusulas 28ª e 29ª , alteração nas atuais escalas de trabalho e a exclusão dos supervisores e coordenadores do Acordo Coletivo (28ª).

O Sinergia CUT reafirmou a pauta dos trabalhadores apresentada com reposição de inflação com aumento real, ganho significativo nos benefícios e avanços nas demais cláusulas do ACT. Também ressaltou a disponibilidade do processo contínuo de negociação, já previsto no acordo vigente. A próxima rodada está marcada para quarta-feira (08). Fique ligado! A gente quer mais!

  Categorias: