Justiça determina retomada das eleições na Fundação CESP para aposentados da 4819

Justiça determina retomada das eleições na Fundação CESP para aposentados da 4819
09 junho 13:47 2011 Débora Piloni

De 13 a 15 de junho, vote em companheiros comprometidos com os aposentados e que prezam pela unidade!

Passados quase dois anos, a Fundação CESP é obrigada, mediante ordem judicial, a retomar o processo de eleição para representante dos assistidos nos Conselhos Deliberativo e Fiscal da Fundação CESP. Com isso, nos próximos dias 13 a 15 de junho os participantes complementados da Fundação vão votar e eleger seus representantes para esses dois órgãos.

Vale lembrar que os suplementados já votaram na primeira etapa do pleito, entre os dias 03 e 07 de agosto de 2009. Naquele mesmo ano, o direito dos aposentados da 4819 participarem das eleições chegou a ser garantido por força de liminar, porém, a Fundação recorreu e conseguiu interromper o processo, uma vez que a entidade não reconhece os complementados como efetivos participantes da entidade.

Desde então, o sistema de votação online dos participantes assistidos está lacrado pela empresa Multilinks (responsável pelo sistema eleitoral), que confeccionou relatório de apuração dos votos eletrônicos e o deixou sob a custódia da empresa de auditoria Ernst & Young. Já os votos recebidos por correspondência dos participantes assistidos, na eleição ocorrida de 2009, estão mantidos nos Correios devidamente lacrados, sob a custódia da ECT.

Devido à continuidade do processo eleitoral novamente autorizada pela Justiça, a apuração dos votos será realizada no dia 27 de junho, apenas depois do término da segunda etapa, para que todos os votos sejam contabilizados de uma só vez.  As devidas posses nos cargos estão marcadas para o dia 30 deste mês.

Desde o início do processo eleitoral, em 2009, o Sinergia CUT apoia as três chapas da “União dos Aposentados”. Por isso, de 13 a 15 de junho vote nos candidatos que têm o apoio do Sindicato:

CONSELHO DELIBERATIVO

Chapa 5 – União e Equilíbrio: Ernesto dos Santos Filho (titular) e Marcos Gonçalves (suplente)

Chapa 6 – União e Trabalho: Douglas Apparecido Guzzo (titular) e Reynaldo Rodotá Stéfano (suplente)

 

CONSELHO FISCAL

Chapa 3 – União e Transparência: Eduardo N. de Souza Toledo (titular) e Leônidas Figueiredo (suplente)

  Categorias: