Elektro: nada de novo!

Elektro: nada de novo!
27 junho 21:31 2011 Cecília Gomes

Empresa mantém a proposta que já tinha sido rejeitada e discute apenas PLR. Nova rodada ainda será agendada

Na oitava rodada de negociação, a Elektro manteve a mesma proposta da rodada anterior para ACT 2011, que foi rejeitada mais uma vez pelo Sinergia CUT e demais sindicatos. A contraproposta do Sindicato é de reajuste de 8,28% sobre salários e benefícios, reajustes nos pisos salariais de 14% e reajuste de 13% no VA/VR/Cesta base e 13º salário, ou instituição de taxa simbólica de desconto da parcela do VA/VR do trabalhador.

O Sinergia CUT não concorda com a proposta da empresa em retirar os novos coordenadores e supervisores da abrangência do ACT (contratados depois de 2009), e alterações nas cláusulas 28ª e 29ª pois o atual ACT tem vigência até 2013.

Durante a rodada também foram discutidas as propostas de PLR Especial e PLR2011. Somente após o fechamento  da negociação da database, o Sinergia CUT levará as propostas de PLR Especial e PLR 2011 para serem deliberadas em assembleias pela categoria. A próxima rodada foi marcada para quarta (29), porém, foi adiada pela empresa. Nova data ainda será agendada. 
PLR Especial

Em relação a PLR Especial, a empresa chegou ao valor final de R$ 9 milhões e 900 mil, divididos 94,523% para os eletricitários, distribuída de forma igualitária e 5,477% para os engenheiros, distribuída de forma proporcional ao salário. O Valor da PLR Especial aumentou devido à saída de 87 supervisores e coordenadores,  trabalhadores que ocupam cargos executivos de diretor, superintendente, gerente e consultor, que terão acordo em separado

Vale destacar que terão direito ao pagamento do valor proporcional da PLR Especial da venda os trabalhadores admitidos e demitidos entre 01/01/11 e 30/04/11, cujo cálculo será pró-rata de acordo com os meses trabalhados dentro deste período, na proporção de ¼ do valor a ser negociado para cada mês trabalhado entre janeiro e abril/11. Também será considerado como mês trabalhado o período que for superior a 15 dias.

Também terão direito à PLR Especial os trabalhadores afastados por auxilio doença, auxilio maternidade e acidente de trabalho ou doença ocupacional.

O pagamento da PLR Especial da venda será realizado no final do mês de julho/11, no penúltimo dia útil (28), em parcela única junto com o pagamento do salário, mais a antecipação da PLR 2011.

PLR 2011

No caso específico da PLR 2011, a empresa concordou em manter as mesmas metas de 2010 para a PLR 2011, indicando para o DEC 9,06 horas/clientes/ano. O Sinergia CUT afirmou que apenas concordará com essa meta, caso a empresa considere a possibilidade de fazer uma compensação nos casos em as metas de outros indicadores não sejam atingidas. A empresa ficou de avaliar essa proposta. Caso a Elektro não concorde, o Sindicato defende que a meta adotada para o DEC seja de 9,60, que é a mesma da ANEEL.

O valor integral da primeira parcela a ser paga no dia 29 de julho, penúltimo dia útil do mês de julho, será de R$ 1.437,75 + 27% da Remuneração (Salário Base, Adicional de Tempo de Serviço e Incorporações de Acordos Judiciais). A segunda parcela será paga em março de 2012 descontando-se a antecipação paga em julho.

A PLR 2011 é aferida de janeiro a dezembro de cada ano. Para os trabalhadores admitidos no ano 2011, o adiantamento será de forma proporcional aos meses trabalhados no ano, calculados sobre a remuneração do mês de junho de 2011.

Confira as metas que estão sendo negociadas para os indicadores:

Indicadores Metas
Observação de Segurança (Quantidade) Maior ou igual a 7.800
DEC total (Horas/Cliente ano) Menor ou igual a 9,06 ou 9,6
Disponibilidade Call Center Maior ou Igual a 93%
  Categorias: