CPFL Jaguariúna reabre negociação e propõe reajuste à vista. Sindicato faz novas assembleias

06 julho 10:04 2011 Débora Piloni

Após rejeição pelos trabalhadores da proposta apresentada na reunião do dia 14 de junho passado, a empresa reabriu o processo de negociação e convocou a 8ª reunião de negociação para o final da tarde desta terça (5).
 
Após o Sinergia CUT colocar na mesa todas as reivindicações colhidas nas assembleias, o diretor de RH do grupo alterou a proposta somente na forma de aplicar o reajuste no salário (7,04%). Ao invés de parcelar, propôs pagar em uma única parcela, retroativo ao mês de abril.
 
No VA/VR, o pagamento dos 13,5% de reajuste continua sendo parcelado (8,5 % em abril/2011 e 5% em janeiro/2012) e haverá o abono de R$ 100.

Com isso, o Sindicato realizará novas assembleias a partir desta quarta (06), em todos os locais de trabalho das empresas do Grupo CPFL Jaguariúna. “Manteremos a coerência em encaminhar a proposta para a aprovação, visto que os limites foram alcançados e não conseguimos alterar tal proposta sem implementação de um plano de lutas. No caso de nova rejeição deveremos realizar a mobilização de duas horas, em ato continuo à assembleia, e o Sindicato tomará as providências jurídicas necessárias para realizar as assembleias de greve”, afirma a direção do Sinergia CUT.

No mesmo dia das assembleias que vão deliberar sobre a proposta final, os trabalhadores também decidirão sobre a cobrança da taxa negocial de 7,04%.

Confira a proposta

  • Reajuste: 7,04% de reajuste nos salários, em abril, sobre a base de março/2011, excetuando os trabalhadores gestores e executivos das empresas;
  • Abono: R$ 100,00 (somente em caso de parcelamento do VA/VR)
  • VA/VR: 13,5%, sendo 8,5 % em abril de 2011 e 5% em janeiro de 2012)
  • Auxilio Alimentação:

A partir de abril/11, o beneficio será concedido para quem ganha até R$ 2.497,95;

A partir de janeiro/2012, o beneficio será concedido para quem ganha até R$ 2.613,07

  • PLR

1)    6,3% de reajuste em abril/2011 sobre o Valor Médio de Referencia: de R$ 3.065,30 para R$ 3.258,41;
2)    0,7% em janeiro/2012 de reajuste sobre o valor Médio de Referencia, sobre a base de dezembro/2011: de R$ 3.258,41 para R$ 3.281,22;

As definições dos critérios para discussão da PLR serão tratadas em, no máximo, 60 dias, com metas globais, setoriais e individuais. Pelo sindicato a discussão da PLR se dará de forma ampla, contemplando critérios e valores

  • Gratificação de Férias:
    6,3% em abril, sobre a base março/2011, de R$ 1.085,00 para R$ 1.153,36
  • Auxilio Creche:
    – 6,3% em abril, sobre a base março/2011, de R$ 215,00 para R$ 228,55
    – 0,7% em janeiro, sobre a base dezembro/2011, de R$ 228,55 para R$ 230,15
  • Vigência do ACT: 1 ano
     
     
  Categorias: