CERT: trabalhadores vão deliberar sobre proposta feita em Audiência de Conciliação

13 setembro 11:14 2011 Débora Piloni

Sindicato e CERT participaram na tarde desta segunda (12) de uma audiência de conciliação no processo de negociação da Campanha Salarial 2011, no TRT da 15ª Região em Campinas.

A audiência foi presidida pelo Desembargador Presidente Lourival Ferreira dos Santos, que fez a proposta de reajuste de 7,5% nos salários e na cesta básica. Para refeição, ele propôs aplicação da cláusula 19ª do ACT vigente, que se refere ao fornecimento de um marmitex no horário da janta, todas as vezes que o trabalhador excede a jornada de trabalho. O mesmo beneficio se estenderá ao horário de almoço, sempre que necessário.

O Sinergia CUT se comprometeu a levar a proposta aos trabalhadores em assembleia deliberativa a ser realizada nesta sexta-feira (16). O resultado com a vontade dos trabalhadores será comunicado à empresa e também ao Tribunal.

Dissídio Coletivo
Vale lembrar que, durante as negociações, a proposta final apresentada em junho passado – com reajuste nos salários e benefícios de 7,04% –  foi rejeitada pelos trabalhadores. E, diante da negativa por parte da Cooperativa em reabrir as negociações, não restou ao Sindicato outra alternativa a não ser propor Dissídio Coletivo com o objetivo de garantir a data base dos trabalhadores.

  Categorias: