Morte de eletricista da CPFL ainda será investigada

21 setembro 11:32 2011 Débora Piloni

O Sinergia CUT lamenta a morte do eletricista da CPFL Deivis Henrique de Castro, de 24 anos, ocorrida ontem, dia 20. A causa da morte ainda não é desconhecida.

O que se sabe é que o eletricista, trabalhador da EA Centro, chegou a ser internado na UTI do Hospital Vera Cruz, em Campinas, no dia 16 passado, com febre alta.

Antes de se sentir mal e ser levado para o Pronto Socorro e internação, consta-se que o trabalhador realizou atendimento de reparo em linha, nos limites da Fazenda Santa Lídia, no distrito de Sousas, em Campinas.

A direção do Sinergia CUT se solidariza com os familiares do eletricista Deivis e espera da CPFL o acompanhamento eficaz da investigação sobre a causa-morte.

  Categorias: