Medidores eletrônicos começam a ser implantados no Brasil em um projeto piloto na cidade de Aparecida pela empresa EDP

28 setembro 09:38 2011 Débora Piloni, com informaçãoes da Agência Canal Energia

A EDP no Brasil é a primeira empresa do setor elétrico a obter a homologação do Inmetro para um medidor inteligente de energia com tecnologia nacional nos moldes do que foi estabelecido pela Agência Nacional de Energia Elétrica. O MD-1400, medidor monofásico direto, é resultado de uma parceria da empresa com a Ecil Informática.

Os medidores homologados farão parte do primeiro lote de um projeto-piloto que será aplicado na cidade paulista de Aparecida a partir de outubro. Será possível para os consumidores ter a possibilidade de acompanhar em tempo real o consumo de aparelhos domésticos como ar condicionado, geladeiras e aquecedores. Para Miguel Setas, vice-presidente de distribuição do grupo EDP, a homologação do medidor marca o início da implantação das redes inteligentes no Brasil.

Aumento na tarifa
Para Paulo Robin, diretor da Área de Novas Tecnologias do Sinergia CUT, “esses certamente possibilitarão uma nova modalidade de tarifação residencial, com a implantação do sistema sazonal, o que inevitavelmente levará a um aumento das contas dos consumidores”.

Segundo ele, o Sinergia em conjunto com o pesquisador Eduardo Toledo enviou contribuições para a Audiência Pública da ANEEL, que podem ser consultadas no link Novas Tecnologias no Portal do Sinergia CUT (www.sinergiaspcut.org.br).

  Categorias: