Sinergia CUT no Encontro Preparatório da 1ª Conferência do Trabalho Decente

Sinergia CUT no Encontro Preparatório da 1ª Conferência do Trabalho Decente
29 setembro 13:35 2011 Débora Piloni, com informações da CUT Nacional

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), trabalho decente é uma atividade adequadamente remunerada, exercida em condições de liberdade e segurança, capaz de garantir uma vida digna aos trabalhadores. Conquistar a prática desse conceito nos níveis municipal, estadual e nacional, é o objetivo da Conferência

O Sinergia CUT participou nesta quinta-feira (29), do encontro preparatório para a I Conferência Estadual de Emprego e Trabalho Decente, que acontecerá nos dias 24 e 25 de novembro próximo. O encontro, que reuniu a direção da CUT-SP, Subsedes, Sindicatos Filiados e Ramos, ocorreu no Centro de Integração e Valorização do Idoso (CIVI), em Americana.

Segundo Marcelo Renato Fiorio, Secretário de Política Sindical e Organização da CUT-SP, o objetivo desses encontros é aquecer o debate com apresentação de propostas e avaliações de âmbito local (município ou região) que serão incorporadas ao documento da conferência pela comissão de sistematização.

As etapas estaduais prosseguem até dezembro e precedem a I Conferência Nacional de Emprego e Trabalho Decente, que será realizada em maio de 2012, em Brasília.

Esta será a primeira conferência do mundo do trabalho, espaço em que devem ocorrer as disputas por mudanças que democratizem as relações de trabalho no País.

A CUT tem uma série de propostas para avançar as lutas e as conquistas da Classe Trabalhadora. Indicam objetivos fundamentais para a construção de um novo modelo que tenha como eixo central o trabalho decente com liberdade de organização sindical, emprego seguro e de qualidade, proteção da saúde e segurança dos trabalhadores, igualdade de oportunidades, erradicação do trabalho infantil e forçoso, proteção social e diálogo social, entre outros.

Liberdade e Autonomia Sindical e o Fim do Imposto Sindical
No debate desta quinta, a CUT-SP, com apoio do Sinergia CUT e de outros sindicatos filiados, apresentou suas propostas a serem encaminhadas para discussão na Conferência  Estadual.

Um eixo que ainda não é ponto pacífico junto às demais centrais é a questão da liberdade e autonomia sindical que prevê, entre outros itens, o fim do imposto sindical. “Essa bandeira histórica da CUT foi defendida unicamente pela CUT e será encaminhada como proposta da central a ser debatida na Conferência Estadual”, afirmou Marcelo Fiorio.

Eixos e Propostas da CUT
A CUT disponibiliza um Jornal Especial para as conferências do trabalho decente. Esse material é guia rápido para conhecer as principais propostas da Central. Fique por dentro das propostas da CUT e do calendário das conferências estaduais Acesse o jornal da CUT. Clique aqui.

  Categorias: