Sindluz Araraquara: vitória da democracia!

12 abril 11:01 2012 Débora Piloni

Foi julgado, no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, no dia 14 de março passado, o processo movido contra a eleição de renovação da direção do Sindluz de Araraquara. Vale lembrar que essa ação já havia sido indeferida em 1ª instância e desta vez, o Desembargador Federal do Trabalho Lorival Ferreira dos Santos presidiu o pleno e manteve a decisão.

Entendendo a história

Em 17 de janeiro de 2011, os trabalhadores da região de Araraquara participaram do processo eleitoral e escolheram a Chapa 1, apoiada pelo Sinergia CUT, para o Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços de Fiação,Tração, Luz e Força de Araraquara.

No entanto, a Chapa 2, concorrente, havia acionado a Justiça para suspender os efeitos da eleição sob alegação infundada de fraude e vício eleitoral.

Já em 30 de maio, o Sindicato foi informado sobre a sentença do Juiz do Trabalho Carlos Alberto Frigieri da 3ª vara do trabalho de Araraquara, que reconheceu a vitória da Chapa 1 por maioria substancial dos votos.

 “O  processo eleitoral transcorreu na mais perfeita ordem e lisura, inclusive com a participação e anuência do autor, dentro das exigências legais e da previsão dos estatutos da entidade, reconhecendo-se como legitima a eleição da Chapa 1, com cerca de ¾ dos votos da categoria (158 a 56), rejeitando-se integralmente os pedidos formulados e revogando-se o efeito suspensivo da decisão de fls 39/40. (…). As alegações de fraude e vicio no processo eleitoral não foram comprovadas pelo autor que, repito, ratificou e legitimou a vitoria da Chapa concorrente ao assinar, de livre e espontanea vontade, não havendo prova em contrario, os documentos de fls 60/69. (…)”, afirmou o juiz em trechos da primeira sentença.

Mais uma vez, venceu a democracia!

  Categorias: